terça-feira, 20 agosto 2019
Home Investimentos Fundos Imobiliários Investimento Imobiliário através da Bolsa de Valores, é possível?

Investimento Imobiliário através da Bolsa de Valores, é possível?

1

Culturalmente em nossa sociedade, é comum a ideia da compra de imóveis como uma boa alternativa para gerar renda mensal através de aluguéis. Além disso, com a valorização das regiões urbanas, há também os ganhos de capital.

Entretanto, possuir um imóvel como forma de investimento pode dar trabalho. E muito.

Seguem algumas das razões:

  1. Os aluguéis recebidos por pessoa física são tributados em até 27,5%;
  2. Em caso de venda, o investidor pode passar meses ou anos para vender pelo preço desejado;
  3. IPTU, escrituras, certidões, ITCMD, contrato de aluguel, reformas e cobranças, são exemplos da burocracia para proprietários de imóvel;

Tirando o fato de você ter que acordar no meio da madrugada para resolver um cano estourado ou passar horas na prefeitura para regularização dos documentos exemplificados acima.

Dentre esses e outros fatores, o mercado financeiro possibilitou o investimento em imóveis através da bolsa de valores.

Seguem dois deles:

Empresas de atividade imobiliária listadas na B3

O índice Imobiliário (IMOB) calculado pela B3 é o resultado de uma carteira teórica, que busca medir o desempenho médio das cotações dos ativos de maior negociabilidade e representatividade do setor, com foco em empresas de exploração de imóveis e construção civil. Segue abaixo a carteira teórica do IMOB do dia 18/02/2019:

dados b3
Tabela elaborada com dados da B3 e com base na carteira do dia 18/02/19

Além disso, conforme política interna, estas empresas distribuem dividendos periodicamente representando os “aluguéis”.

Fundos Imobiliários

Os fundos imobiliários são outras alternativas de investimento diretamente ligadas a imóveis ou ativos imobiliários, como por exemplo CRI e LCI.

Também negociados na bolsa de valores, os FIIs possuem algumas vantagens:

  1. Imposto de renda:

Não há incidência de imposto de renda sobre os rendimentos distribuídos para pessoa física, apenas sobre o ganho de capital em caso de venda;

  1. Diversificação de estratégias:

Investimentos em Shopping Centers, faculdades, agências bancárias, galpões, hotéis, entre outros;

  1. Liquidez:

As cotas adquiridas são negociadas no mercado secundário. Havendo liquidez, em até 3 dias você pode ter o recurso disponível em sua conta.

  1. Custos:

O investidor não se preocupa com custos de cartório, prefeitura, condomínio, entre outros. O único custo é a corretagem paga na compra das cotas, dependendo da corretora ou banco que está operando. Recentemente, algumas corretoras como a XP Investimentos zeraram esta taxa, para benefício do cotista.

  1. Gestão especializada e acessibilidade:

Permite que pequenos investidores participem de imóveis milionários, através da gestão de equipes focadas nisto. Como o mercado é fracionário, por exemplo, com R$ 10,66 (cotação dia 15/02/2019) você pode comprar 1 cota do Maxi Renda (MXRF11).

  1. Proventos (“aluguéis”):

No mínimo, os FII devem distribuir 95% do lucro apurado segundo o regime caixa.

O Índice de Fundos de Investimentos Imobiliário (IFIX) é calculado pela B3 e é o resultado de uma carteira teórica de fundos imobiliários negociados no mercado de bolsa. A carteira do IFIX no dia 18/02/2019 é bem pulverizada, possuindo 90 fundos imobiliários inclusos no índice. Dessa forma, segue abaixo os 10 ativos com maior participação deste dia:

B3 fevereiro
Tabela elaborada com dados da B3 e com base na carteira do dia 18/02/19

Para participar deste mercado, você deve procurar uma corretora ou banco de confiança e, através do Home Broker, realizar as compras de cotas dos ativos que desejar. Além disso, você pode pesquisar na internet sobre cada ativo para entender melhor. Cada fundo costuma possuir uma lâmina com informações detalhada, onde constará os imóveis e comentários do gestor sobre a estratégia e alocações.

FII maxi renda janeiro 2019
Recorte retirado da lâmina mensal do FII Maxi Renda de Janeiro de 2019 para exemplificação.

Você já pensou em investir em imóveis na Brigadeiro Faria Lima, em São Paulo, ou em outros endereços famosos? Através destes ativos do mercado financeiro é possível, e talvez nunca mais você precise acordar de madrugada para socorrer o inquilino.

Em caso de dúvidas, fique à vontade para questionar através do formulário ao lado ou comentários.

Abraços e até logo!

Para uma assessoria personalizada e gratuita, clique aqui e agende uma reunião! Você receberá uma ligação minha, no dia e horário determinado.

1
Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
trackback

[…] Investimento Imobiliário através da Bolsa de Valores, é possível? […]