quarta-feira, 26 junho 2019
Home Economia Cenário Macroeconômico Mercado vibra com poker de Trump

Mercado vibra com poker de Trump

0
Mercado vibra com poker de Trump

O presidente Donald Trump que aparece na imprensa norte-americana, brasileira e até mesmo nos noticiários do mundo inteiro definitivamente não é o mesmo Donald Trump que aparece para os investidores, operadores e players do mercado financeiro.

Gosto não se discute no mercado. Ideologias à parte, por mais que muitos possam não acreditar, fato é que o S&P500 voltou a colar na máxima histórica. Não é um simples movimento de recuperação de curto prazo, mas sim a continuação de uma trajetória altista de longo prazo.

S&P500

O círculo azul no gráfico acima destaca o momento da vitória de Donald Trump sobre a rival democrata Hillary Clinton, em novembro de 2016. Na época, o S&P500 era negociado na casa dos 2.000 pontos. Hoje, se aproxima dos 3.000 pontos.

O mercado acionário norte-americano é bullish desde 2009, entretanto, pode-se observar aceleração do movimento altista no final de 2016. Houve um início de pânico no fim de 2018, em função de uma percepção negativa do mercado sobre a política monetária do FED (Federal Reserve – Banco Central dos Estados Unidos). O susto passou rápido e a recuperação veio praticamente na mesma velocidade.

Os movimentos não ocorreram por acaso. Trump jogou poker contra o FED no final de 2018 ao criticar duramente a política de aperto monetário. O mercado comprou a briga de Trump, já que uma virada para estratégia mais dovish (o que acabou ocorrendo) é bem vista pelos players de Wall Street.

Trump não fez nenhuma mudança no alto escalão do FED, Powell se manteve firme como chairman. Ninguém foi demitido. Poderia ser apenas um blefe, mas fato é que a autoridade monetária norte-americana mudou completamente o viés de sua política monetária após ser fuzilada pelos tweets de Trump.

Agora, com uma cadeira vaga na diretoria do FED em função do vencimento de mandato, Trump avisou que vai nomear Herman Cain para ocupar o assento. Um dos maiores pesquisadores de macroeconomia nos Estados Unidos, o acadêmico Mark Gertler, da Universidade de Nova York, afirmou ser difícil imaginar um candidato pior para ocupar a vaga do que Cain.

Herman Cain é considerado despreparado e com viés extremamente dovish. Atualmente CEO da Godfather’s Pizza, Cain já tentou disputar as eleições presidenciais pelo partido republicano em 2012, com um plano fiscal horroroso conhecido como 9-9-9. Na época, a proposta de Cain era eliminar todo o sistema tributário, substituindo por um imposto de renda pessoal único de 9%, um imposto de renda corporativo único de 9% e um imposto sobre vendas único de 9%.

Recentemente, Cain afirmou que se lhe oferecessem a vaga no FED, tentaria fazer com que a autoridade monetária atuasse de forma não temerosa contra a inflação, mas sim contra a deflação. Ou seja, na avaliação de Cain, é preciso ter mais medo com a deflação do que com a inflação.

A indicação de Cain é um peso dovish a mais para ser carregado pelo FED nos próximos anos, o que é avaliado positivamente pelo mercado, que por sua vez se mantém viciado em políticas monetárias frouxas desde 2008. Hipoteticamente, se em algum momento o FED desejar protagonizar uma queda abrupta no mercado (hipótese remota), basta utilizar uma linguagem mais hawkish em seus comunicados.

Além da vitória contra o FED, Trump parece estar vencendo a partida de poker contra a China, também possivelmente no blefe. As negociações comerciais com o gigante asiático estão fluindo.

Liu He, vice-premiê chinês, disse nesta quinta-feira em Washington que houve grande progresso nas conversações. Posteriormente, Trump disse que um acordo comercial com a China está bem perto e pode ser alcançado em cerca de quatro semanas.

Os preços dos ativos de risco em praças financeiras de países desenvolvidos e emergentes estão se deslocando praticamente em bloco nestes últimos dias. Uma onda positiva segue carregando os mercados, que voltaram a se aproximar de suas respectivas máximas históricas. Trump pode ser odiado em vários lugares, principalmente no noticiário norte-americano, mas para o mercado financeiro tem sido um exemplo de bom jogador.

Para uma assessoria de investimentos personalizada e gratuita, clique aqui e agende uma reunião! Você receberá uma ligação minha, no dia e horário determinado.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of