quinta-feira, 5 dezembro 2019
Home Economia Mercado Externo O maior IPO do mundo: como vai funcionar?

O maior IPO do mundo: como vai funcionar?

1
Instalações de petróleo da Aramco
Fonte: InfoMoney

O mercado financeiro global está diante de sua maior IPO de ações de toda história. O movimento é extremamente relevante para a indústria financeira mundial, entretanto, está sendo pouco comentado na imprensa ocidental.

Por incrível que pareça, a empresa responsável por este feito histórico é pouco popular. Não faz muita propaganda. Não tem pegada tech. Não tem logomarca bonita/chamativa. Não tem aplicativo para smartphone. Não é pop. Mas, por outro lado, o negócio dá um baita lucro, ao contrário de muitas empresas da moda.

A maior oferta pública inicial da história!

O maior IPO do mundo vai vir de um old school business (saiba mais clicando aqui – link em inglês). Furar chão, extrair petróleo, colocar dentro de um barril e vender. É basicamente essa a atividade principal da Saudi Aramco, a gigante petrolífera da Arábia Saudita que vai listar suas ações na bolsa de valores de Riad.

A empresa é responsável por suprir nada mais nada menos que 10% de toda a demanda global de petróleo. Somente neste ano, até o mês de setembro, a Aramco acumula lucro de 68 bilhões de dólares. Em 2018, a empresa lucrou 111,1 bilhões de dólares, mais do que todo o lucro das famosas Apple, Google e Exxon Mobil juntas.

A Saudi Aramco é disparada a empresa mais lucrativa do mundo. A expectativa, levantada pela própria Aramco, é de pagamento anual de cerca de 75 bilhões de dólares aos acionistas com os dividendos.

Hora de fazer negócio

Para vários gestores de hedge funds e equitys globais, que estão à caça de oportunidades num ambiente difícil de juro neutro/negativo, repleto de empresas pouco lucrativas ou que operam no prejuízo. Sendo assim, a Saudi Aramco torna-se um banquete irresistível para o capital estrangeiro.

Analistas de Londres e Nova York estimam que a empresa poderia ser avaliada em torno de 1,7 trilhão de dólares, o que, se concretizado, se tornará o maior IPO do mundo pela quantidade de ações pretendidas a serem vendidas.

Como vai funcionar o maior IPO do mundo?

O lançamento inicial ocorrerá internamente na bolsa saudita Tadawul, onde a Saudi Aramco pretende vender 2% de seu capital. Posteriormente, a segunda etapa do IPO tende a ocorrer em moeda estrangeira. A bolsa de valores da segunda tranche ainda não está definida (possivelmente Londres ou Nova York), mas já existe expectativa de venda de 3% da empresa para o mercado internacional.

Vendendo “apenas” 5% do capital da Saudi Aramco, a Arábia Saudita vai conseguir levantar recursos absurdamente elevados para financiar seu mega projeto Vision 2030 e, assim, iniciar a transformação da economia árabe.

O Vision 2030

É um plano diretor gigantesco para reduzir a dependência da exportação de petróleo da Arábia Saudita. Através deste projeto, haverá uma ampla diversificação da economia, inclusive com o incremento do setor de recreação e turismo (objetivando inserir o país na rota do turismo recreativo global, algo até então impensável para os árabes), bem como melhoria de serviços públicos, como saúde, educação e infraestrutura.

O ambicioso projeto é um plano do príncipe herdeiro Mohammed Bin Salman, que pretende preparar o país para a inevitável era do pós-petróleo. Analistas e traders do segmento estimam que até 2030 a dependência da commoditie tende a continuar elevada, mas dentro de 20/30 anos (ou menos) este cenário pode mudar drasticamente com o avanço da tecnologia no setor de energia.

Quer saber mais sobre IPO? Agende um horário com nossos assessores clicando aqui!

1
Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
trackback

[…] O maior IPO do mundo: como vai funcionar? […]