A sequência dos importantes indicadores do Índice Gerente de Compras (PMI) do Instituto Markit para diversas economias globais mostrou mais um mês terrível para o setor produtivo.

Os indicadores, que haviam mergulhado de uma forma aguda, nunca antes vista na história, em função das medidas de isolamento contra o coronavírus, demonstraram apenas diminuição no nível de contração neste último mês de maio.

Outro ponto relevante desta rodada de pesquisas é que todos os demais países se mostraram muito longe de alcançar a velocidade de recuperação verificada na China.

PMI da China

O PMI da China alcançou incríveis 50,7 pontos do mês de maio, voltando a ficar acima dos 50 pontos, zona que indica expansão da atividade manufatureira. Além de recuperar toda a contração por conta das medidas de isolamento contra o coronavírus, a indústria chinesa já está em ritmo de expansão, ultrapassando o pico de negócios registrado no pré-crise.

PMI da China

Para o resto do planeta a situação é totalmente diferente, fato que pode estar incentivando o abrandamento das medidas de isolamento e/ou criação de cronogramas para retorno das economias à normalidade, mesmo sem ter uma vacina pronta para distribuição em massa.

EUA, Zona do Euro e Japão

Nos Estados Unidos, por exemplo, o Índice Gerente de Compras continua em nível muito baixo, aos 39,8 pontos no mês de maio. A redução do gigantesco nível de contração da atividade manufatureira é muito pequena comparada aos 36,1 pontos registrados no mês de abril, o que ainda sinaliza um quadro extremamente negativo para todo o setor produtivo.

A indústria na zona do euro também continuou sofrendo no mês de maio. O Índice Gerente de Compras continua muito distante da região neutra dos 50 pontos, alcançando 39,4 pontos no mês passado, revelando ainda uma recuperação lenta, mantendo-se em terreno de contração significativa na atividade.

No Japão, sequer houve movimento de certa recuperação do baque no setor produtivo. O Índice Gerente de Compras recuou de 41,9 pontos registrados em abril para 38,4 pontos no mês de maio, revelando agravamento na trajetória de contração da atividade manufatureira.

Países emergentes

A situação nos países emergentes é ainda mais delicada. Além de o impacto ter sido maior no mês de abril, os indicadores do mês de maio revelaram uma tímida redução do nível de contração, mas ainda em terreno que revela um quase colapso da atividade.

Na Rússia, o Índice Gerente de Compras subiu de 31,3 pontos em abril para 36,2 pontos no mês de maio. A pontuação ainda está muito distante de se aproximar do terreno que revela expansão da atividade manufatureira (acima de 50 pontos), o que demonstra continuação do quadro de deterioração do setor produtivo.

No México, o Índice Gerente de Compras subiu de 35,0 pontos em abril para 38,3 pontos no mês de maio, continuando a apresentar um quadro muito negativo para o setor industrial. Na Indonésia, o Índice Gerente de Compras de maio ficou em 28,6 pontos, revelando uma tímida melhora em relação aos 27,5 pontos registrados em abril, mantendo-se em nível absurdamente baixo para o setor produtivo.

A Índia, considerada a segunda grande promessa da Ásia depois da China, continua enfrentando um quadro muito adverso para o setor produtivo. O Índice Gerente de Compras subiu de 27,4 pontos em abril para 30,8 pontos no mês de maio, também mantendo-se numa região extremamente baixa, com alto nível de contração, pelo segundo mês consecutivo.

PMI do Brasil

No Brasil, o Índice Gerente de Compras segue próximo da pontuação registrada em seus pares, ainda em nível muito baixo, relevante manutenção do quadro agressivo de contração da atividade industrial.

PMI do Brasil

O Índice Gerente de Compras brasileiro subiu de 36,0 pontos em abril para 38,3 pontos em maio, revelando uma recuperação ainda muito tímida do setor industrial. A deterioração da atividade manufatureira continua extremamente elevada pelo segundo mês consecutivo.

Esta importante rodada de indicadores do Instituto Markit revelou que no mundo do Covid-19, somente a China está com as suas fábricas funcionando a todo vapor.

Quer um portfólio de investimentos com os melhores produtos do país e do mundo, que equilibre gestão de risco e maximização da rentabilidade? Clique aqui!

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Comentário
Nome