O Mercado Financeiro é o ambiente onde seus participantes podem comprar e vender produtos financeiros.

Nesse mercado, o conhecimento é seu melhor aliado pois quando você entende o seu funcionamento, você começa a identificar oportunidades e perceber a importância de investir. No mercado financeiro é possível deixar de ser um pagador de juros e passar a receber juros, possibilitando assim atingir uma rentabilidade desejada.

Esse artigo tem a intenção de apresentar o mercado financeiro de uma forma descomplicada. Para isso vamos entender as divisões desse mercado, seus participantes e os principais produtos financeiros comercializados.

A divisão do mercado financeiro

O mercado financeiro é divido em quatro partes:

  1. Mercado de crédito: é onde se concede crédito de curto, médio e longo prazo entre pessoas e empresas. Nesse mercado encontramos principalmente o cheque especial, o empréstimo pessoal e os cartões de crédito e ainda, crédito para capital de giro das empresas.
  2. Mercado Monetário: é o mercado que concede empréstimos de curtíssimo e curto prazo. Nele encontramos o CDI (Certificado de depósito Interbancário) que é utilizado como referência em rendimentos de renda fixa. Por obrigação legal, os bancos não podem fechar o seu caixa diário com saldo negativo e para que isso seja possível, empréstimos são concedidos de um banco para outro banco pelo prazo de um dia e a taxa cobrada por esses empréstimos é o CDI. O mercado monetário atua na liquidez da economia e no controle de pagamentos.
  3. Mercado de câmbio: está relacionado com a troca de moedas. Ele é fundamental para empresas exportadoras e para pessoas físicas que possuem relações internacionais, ou mesmo precisam de moeda estrangeira para uma viagem.
  4. Mercado de Capitais: esse mercado está relacionado com a distribuição de valores mobiliários e é ele que está mais próximo dos investidores. Nele é permitido que empresas captem recursos de terceiros e portanto, compartilhem os lucros e os riscos.  No mercado de capitais atuam a bolsa de valores, corretoras e outras instituições que conectam e o investidor com os diversos produtos financeiros disponíveis.

É importante saber que no mercado de capitais existem ainda o mercado primário, onde o emissor de um título negocia com o comprador de títulos, e o mercado secundário, onde ocorre apenas a troca de titularidade desses títulos.

O participantes do mercado financeiro:

Os principais participantes do mercado financeiro são: os emissores, os intermediários e os investidores.

Os emissores são empresas ou instituições que emitem títulos, como os títulos públicos ou ações de empresas, com a intenção de financiar seus projetos e seu crescimento.

Os investidores são os participantes que emprestam dinheiro em troca de juros futuros ou comprando participações societárias desses emissores, dessa maneira conseguem multiplicar seu capital e ainda ajudar as empresas e instituições a prosperarem.

Já os intermediários atuam para que as negociações entre emissores e investidores aconteçam. Um exemplo de intermediário do mercado financeiro são as corretoras de valores, que hoje estão cada vez mais especializadas e trazem diversas opções de produtos e facilidades para o investidor.

É importante salientar que todo o mercado financeiro possui uma forte fiscalização e regulamentação sobre todos os seus participantes. Os principais responsáveis em fiscalizar e regulamentar o mercado financeiro são: o Banco Central, a CVM (comissão de valores mobiliários) e o CMN (Conselho monetário nacional), que é o órgão máximo do Mercado Financeiro.

Os produtos negociados no mercado financeiro:

Os principais produtos financeiros negociados são:

  • Ações (divididas em ordinárias e preferenciais)
  • Debêntures (títulos emitidos por sociedades anônimas)
  • Commercial Papers (título privado de curto prazo)
  • Mercado futuro (contratos e mini contratos)
  • Opções sobre ações
  • Mercado de renda fixa

Você pode investir no mercado de capitais em renda fixa ou variável. Os investimentos de renda fixa são mais conservadores e seu rendimento é mais previsível.

Esse tipo de investimento pode ser atrelado a algum índice como Selic, CDI e IPCA ou ainda ser pré-fixado, ou seja, remunerado a uma taxa fixa. Já os investimentos de renda variável apresentam oscilações no curto prazo mas no médio e longo prazo podem superar o rendimento de um investimento em renda fixa.

Possibilidades

Com essa visão geral do que é o mercado financeiro, é possível perceber que nele existe a possibilidade de preservar e multiplicar o patrimônio investido. O investidor precisa sempre estar atento aos seus objetivos e optar por ativos que sejam compatíveis com seu perfil de investidor.

Para ter esses parâmetros e objetivos definidos, agende uma conversa gratuita com um de nossos assessores de investimento clicando aqui!

1 COMENTÁRIO

  1. Excelente conteúdo! Parabéns!
    Existe uma leitura de cabeceira pra todo mundo que quer começar a investir. Você já conhece o livro Do Mil ao Milhão, do Thiago Nigro (Primo Rico)?

    Segue o link de compra na maior empresa do mundo, a AMAZON: https://amzn.to/2EbuxsP

    ATENÇÃO AO DESCONTO! De R$ 34,90 por R$ 23,70 POR 24 HORAS!

    Boa leitura!

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Comentário
Nome