De acordo com a ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) 88% dos brasileiros ainda possuem seu dinheiro guardado na poupança.

Os principais fatores que levam à essa escolha, são: facilidade, comodidade, falta de conhecimento sobre outros produtos de investimentos e medo, por acreditar que a poupança é a única opção segura.

Porém, com os atuais patamares da economia brasileira, a rentabilidade real da poupança está negativa! Vamos entender porque a poupança não pode mais ser considerada um investimento?

Porque não devo deixar meu dinheiro na poupança?

O rendimento da poupança atualmente é 70% da taxa Selic. A SELIC é a taxa básica de juros da economia, que atualmente está em 2%.

Portanto, hoje a poupança rende 1,4% ao ano. Então por que está negativa?

Por causa da inflação! A inflação, medida pelo IPCA, é a perda do poder de compra do dinheiro, que está estimada em 1,63% no ano de 2020.

Com isso, calculamos a rentabilidade real da poupança para 2020: – 0,23% a.a

E a previsão é de mais queda! Para o ano de 2021, o Boletim Focus do Banco Central, está estimando um retorno real negativo de -0,7% para a poupança.

Vamos fazer uma conta para entender na prática?

Se em 2021, com essas condições descritas, você investir R$100.000 na poupança, ao final do ano você terá R$ 99.300. Ou seja, ao invés de rentabilizar, você perdeu patrimônio!

Clique aqui para acessar o Simulador Renda Fixa da XP e confira a rentabilidade dos seus investimentos na poupança e em outros tipos de renda fixa:

E onde posso aplicar meu dinheiro com segurança?

A poupança de fato é uma opção pouco arriscada, mas há o risco de crédito, que é o risco de o Banco falir e não honrar seus pagamentos. Para cobrir esse risco, existe a proteção do Fundo Garantidor de Crédito, o FGC, que garante até R$250 mil por instituição financeira e por CPF, limitado a R$ 1 milhão por CPF em diferentes instituições financeiras.

Entretanto, o FGC não é de exclusividade da poupança. Existem outros tipos de investimentos em renda fixa que também são garantidos pelo FGC e que possuem mais rentabilidade.

Conheça 6 investimentos garantidos pelo FGC clicando aqui!

Dentro das possibilidades da renda fixa existem também títulos de dívida do governo, e de empresas privadas.

Os títulos do governo são considerados os mais seguros do Brasil, pois se enquadram no risco soberano. Você só não receberá o seu dinheiro se o país quebrar, e ainda assim existem as possibilidades de o governo aumentar os impostos ou até realizar a impressão de papel moeda para pagar suas dívidas.

Já os títulos de dívida de empresas privadas são as Debêntures, que as empresas emitem para financiar seus projetos. As Debêntures geralmente oferecem mais lucros ao investidor, porém o risco é proporcional ao rendimento, por isso é preciso conhecê-las bem antes de aplicar o seu dinheiro.

Saiba mais sobre os tipos de investimento em Renda Fixa clicando aqui!

Agora que você sabe o quanto rende a poupança em 2020 e conhece outras opções de investimentos, é hora de dar o primeiro passo!

Como migrar da poupança para outros investimentos?

Para que você possa migrar da poupança para outros investimentos de maneira descomplicada e assertiva, sugerimos uma conversa com um especialista em investimentos.

Deste modo, você poderá realizar uma análise de seu perfil do investidor, para assim, montar uma carteira de investimentos diversificada e alinhada aos seus objetivos.

Clique aqui para agendar uma conversa gratuita com um assessor de investimentos!

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Comentário
Nome