Apesar de ainda permanecer impasse entre Reino Unido e União Europeia, os mercados reagiram bem a notícia de que ambos os lados decidiram estender o prazo anterior para tentar fechar um acordo comercial.

Brexit

As negociações para um pacto comercial no pós-Brexit pode resolver vários problemas para o Reino Unido e União Europeia. Até então, o prazo para formação de um acordo terminaria no último domingo. Entretanto, ambas as partes decidiram prorrogar para continuar as negociações.

A sinalização de prosseguimento das conversas pode ser um gesto positivo de que, embora ainda seja encarado com ceticismo por parte de alguns analistas/economistas, poderá surgir no futuro um pacto comercial amplo entre Reino Unido e União Europeia.

Petróleo

Outro adiamento observado inicialmente como positivo por parte do mercado foi o da Opep (Organização dos Países Produtores de Petróleo). O grupo decidiu prorrogar sua reunião técnica para o mês de janeiro de 2021, sem ressaltar algum motivo.

Espera-se que nesta próxima reunião da Opep sejam definidas as metas de produção para o próximo ano e também os níveis de estoque da commodity a serem trabalhados. A remarcação ficou para os dias 3 e 4 de janeiro.

Brasil

No Brasil, destaque para afirmação do ministro da Economia, Paulo Guedes, quanto à relevante rolagem da dívida a ser realizada nos primeiros meses do próximo ano. Segundo o ministro, o Brasil não deverá enfrentar problemas para fazer as operações de rolagem, ainda que o volume seja considerado muito expressivo.

Uma série de medidas adotadas pelo governo já garantiram cerca de R$ 300 bilhões dos mais de R$ 600 bilhões em títulos que vencerão até abril de 2021. Além da devolução de recursos públicos por parte dos bancos públicos ao governo, ofertas públicas, recebimentos de dividendos e repasse de lucro cambial por parte do Banco Central ao governo garantem uma parte relevante dos recursos para realizar a rolagem.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Comentário
Nome