O Índice Gerente de Compras Global (PMI), calculado pelo Instituto Markit em parceria com o JP Morgan, alcançou no mês de novembro 53,7 pontos, patamar acima dos 53,00 pontos registrados no mês de outubro, mantendo a velocidade de expansão da atividade manufatureira global.

PMI global

Este é o melhor desempenho desde o mês de janeiro de 2018 e ratifica o cenário de recuperação relevante da atividade industrial a nível global. O índice foi puxado principalmente pela força impressionante da atividade manufatureira chinesa.

PMI

China

O Índice Gerente de Compras da China no mês de novembro alcançou 54,9 pontos, relativamente acima do nível de expansão já considerado robusto de 53,6 pontos em outubro. Este foi o ritmo mais forte de aceleração no mês de novembro dos últimos 10 anos. O indicador também surpreendeu muito positivamente o mercado, que esperava perda de ímpeto no crescimento de expansão na China para 53,5 pontos.

Brasil

No Brasil, o Índice Gerente de Compras registrou 64,0 pontos no mês de novembro, considerada uma pontuação extremamente elevada e muito positiva, revelando forte recuperação da atividade manufatureira.

PMI Brasil

Entretanto, comparado com o mês de outubro/2020, o índice obteve recuo de 66,7 pontos para 64,00. A pesquisa revelou que o recuo no mês de novembro de deveu, principalmente, pela redução da disponibilidade de matéria-prima, culminando em aumento nos custos de produção.

Ainda assim, a recuperação observada nos últimos meses é a mais forte já registrada por toda série histórica da pesquisa, permanecendo-se sólido em patamar que indica expansão muito acelerada.

Consequentemente, o emprego no setor industrial brasileiro cresceu pelo quinto mês consecutivo.

Quer saber mais como a atividade industrial impacta em seus investimentos? Converse com o Robson clicando aqui!

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Comentário
Nome