fbpx
terça-feira, 11 maio 2021
Home Economia Mercado Interno Projeções de IPCA e Selic voltam a subir

Projeções de IPCA e Selic voltam a subir

0

O Banco Central divulgou nesta segunda-feira o Boletim Focus, revelando dados importantes sobre a última pesquisa realizada com os principais agentes de mercado de mais de 100 instituições financeiras para PIB, Câmbio, IPCA e SELIC.

Boletim Focus: PIB, Câmbio, IPCA e SELIC. Fonte: Banco Central do Brasil
Boletim Focus: PIB, Câmbio, IPCA e SELIC. Fonte: Banco Central do Brasil

Preocupação com o IPCA

A preocupação com a inflação neste ano se mostrou visível na pesquisa. Mais uma vez, a expectativa para o IPCA ao final de 2021 se deteriorou. De 4,81% há 4 semanas, para 4,92% semana passada e, agora, a mediana das projeções apontam para uma inflação de 5,01% no fechamento deste ano.

Esta nova estimativa mantém a autoridade monetária em alerta, já que a projeção do mercado está bem distante do centro da meta a ser perseguido este ano, de 3,75%. Além disso, a estimativa atual do mercado já se aproxima do limite máximo de tolerância da meta de inflação neste ano, de 5,25%.

Teto da meta

O Banco Central precisa fazer o possível para evitar ultrapassar o teto da meta de inflação, para evitar uma retroalimentação do sentimento inflacionário entre os agentes. Rompimentos do teto da margem de tolerância no passado foram traumáticos, danificando os fundamentos da economia.

Importante ressaltar que a inflação de 2020 fechou em 4,52%. Caso a estimativa do mercado se mostre correta ao final de 2021, serão dois anos consecutivos de inflação relativamente elevada e distante do centro da meta.

O ponto positivo é que o mercado não enxerga no momento IPCA neste mesmo nível para um horizonte mais longo. As expectativas para a inflação de 2022 estão inalteradas em 3,60% e para inflação de 2023 permanecem em 3,25%.

Projeção da SELIC

Para a taxa básica de juros, o Boletim Focus revelou nova projeção de aumento ao final deste ano. Há estimativa subiu de 5,00% há quatro semanas para 5,25% na pesquisa da semana passada e agora alcançou 5,50%.

A expectativa de uma Selic mais elevada reflete a incomodação com o nível de inflação atual. E mesmo com as estimativas de IPCA menores em 2022 e 2023, o mercado não acompanhou projetando uma Selic menor para estes anos. O relatório revela estimativa de Selic em 6,13% para 2022 e 6,50% para 2023.

PIB

Na parte de crescimento econômico, a pesquisa do Banco Central revelou ligeira melhora neste ano. O PIB subiu de 3,04% na projeção da semana passada para 3,09% no relatório divulgado nesta segunda-feira. Para 2022 e 2023 a expectativa para o PIB se manteve em 2,34% e 2,50%, respectivamente.

Câmbio

No mercado de câmbio, as projeções ficaram inalteradas este ano, aos R$ 5,40. Entretanto, para 2022, a estimativa para a moeda contra o dólar que estava a R$ 5,26 na semana passada subiu para R$ 5,40. Para 2023, a estimativa também subiu de R$ 5,00 na semana passada para R$ 5,17 agora.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Comentário
Nome