fbpx
Mercado Financeiro

Juros compostos: vilão ou herói de seus investimentos?

Stéfano Caiula-
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email
finance and accounting concept. business woman working on desk calculando juros compostos

Albert Einstein já dizia: “os juros compostos são a força mais poderosa do universo e a maior invenção da humanidade, porque permitem uma confiável e sistemática acumulação de riqueza”.

Nesse texto, vamos abordar os efeitos dos juros compostos e como eles podem impactar na nossa vida financeira.

O que são os juros?

O dinheiro é um bem. Como todo bem, ele tem um valor de mercado e pode ser negociado. E os juros nada mais são do que o aluguel do dinheiro no tempo.

O que são juros compostos?

Juros compostos são definidos como a aplicação de juros sobre juros. Onde todo mês, o valor incide sobre o juro já existente. Havendo uma somatória acumulativa do capital com o rendimento mensal.

Fórmula dos juros compostos:

M = C * (1 + i)t

M: montante

C: capital

i: taxa de juros

t: tempo de aplicação

O ponto fundamental é a influencia do tempo. Nos juros compostos, a frequência dos períodos tem grande efeito sobre o quanto precisará pagar ou quanto vai ganhar. Quanto maior o tempo de aplicação dos juros, maior será o valor final. É o famoso efeito “bola de neve”.

Em suma, quanto mais tempo, mais juros acumulados.

Juros compostos, vilões ou heróis?

A resposta para essa pergunta é “depende”. Como já disse Einstein, os juros compostos são uma força poderosa que pode ser usada a nosso favor ou impactar negativamente na nossa vida financeira. Isso depende apenas de nós. Nesse sentido, ter um planejamento financeiro é importantíssimo. Você precisa ter uma planilha de gastos, consumir de forma consciente e ter sua reserva de emergência para não precisar contratar empréstimos. Se isso não acontecer, os juros compostos serão seu grande adversário.

planejamento financeiro pessoal

Vilão

Vamos supor que você tenha utilizado o limite de cheque especial de R$ 1000,00 que seu banco deixou disponível para você. Por algumas questões, você não conseguiu repor esse valor durante 12 meses, mesmo com uma taxa de juros mensal de 6,99%. No final do 12° mês, você conseguiu perceber, da pior forma possível, o efeito negativo dos juros compostos. Sua dívida de R$ 1000 passou para R$ 2.249,76, pois, os 6,99% ao mês se transformaram em 125% ao ano. Portanto, sua dívida ficou mais do que o dobro do valor inicial.

Olha o poder dos juros compostos, você tinha uma dívida de R$1000 que se tornaram R$ 2.249,67 em 12 meses. Assustador não é mesmo?

Mas da mesma forma que os juros compostos podem ser o nosso vilão, por meio de um bom planejamento e fazendo investimentos constantemente, eles podem tornar-se o nosso herói.

Herói

Se você aplicar, por exemplo, R$ 10.000 no Tesouro IPC-A+ 2045 (de acordo com os valores de hoje) você vai conseguir uma rentabilidade bruta de mais de R$ 55.000.

evolução do patrimônio com juros compostos

Nesse gráfico, você pode visualizar como a curva do título (aquela em azul) cresce de forma exponencial. Esse é o poder dos juros compostos!

Meu exemplo é bem simples, pois o título IPC-A+ possui risco baixo por ser um título público. Mas, imagina investir em produtos mais sofisticados, com a ajuda de um assessor, como esse seu dinheiro poderia trabalhar por você e não o contrário.

Inclusive, esse princípio não vale apenas para investimentos de longo prazo.

Sendo assim, vamos imaginar, que você decida fazer uma viagem, por exemplo. Em vez de financiar esse seu passeio, pagando juros, você pode separar um valor mensalmente e, com a ajuda do seu assessor, aplicar em algum produto de acordo com a data da viagem. Sendo assim, além de evitar o pagamento de juros, você estará ganhando um desconto, pois seu dinheiro estará trabalhando por você durante o período da acumulação.

Logo, quando trabalhado ao nosso favor, o regime de juros compostos traz um ganho de capital exponencial, uma vez que o dinheiro passar a trabalhar sozinho.

Então, deu para perceber que depende unicamente de você deixar o juro composto como herói ou vilão da história. O vilão, normalmente, leva vantagem, pois as taxas de empréstimo e financiamento superam com sobra a taxa de juros dos investimentos. Mas, isso não é um motivo para acumular dívidas e ser imediatista, muito pelo contrário, é um incentivo para ter uma vida financeira saudável e evitar contratar empréstimos de forma desnecessária.

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email
{{ reviewsTotal }} Review
{{ reviewsTotal }} Reviews
{{ options.labels.newReviewButton }}
{{ userData.canReview.message }}
Categorias

Cadastre-se em nossa
Newsletter Gratuita!

Não te mandaremos spam!

Artigos Relacionados